By the same authors

Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Standard

Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa. / Santana, Paula; Santos, Rita; Alves, Isabel; Couceiro, Luísa; Machado, Maria do Céu.

In: Revista Portuguesa de Saúde Pública, Vol. 33, No. 2, 07.2015, p. 157-169.

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Harvard

Santana, P, Santos, R, Alves, I, Couceiro, L & Machado, MDC 2015, 'Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa', Revista Portuguesa de Saúde Pública, vol. 33, no. 2, pp. 157-169. https://doi.org/10.1016/j.rpsp.2014.11.004

APA

Santana, P., Santos, R., Alves, I., Couceiro, L., & Machado, M. D. C. (2015). Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa. Revista Portuguesa de Saúde Pública, 33(2), 157-169. https://doi.org/10.1016/j.rpsp.2014.11.004

Vancouver

Santana P, Santos R, Alves I, Couceiro L, Machado MDC. Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa. Revista Portuguesa de Saúde Pública. 2015 Jul;33(2):157-169. https://doi.org/10.1016/j.rpsp.2014.11.004

Author

Santana, Paula ; Santos, Rita ; Alves, Isabel ; Couceiro, Luísa ; Machado, Maria do Céu. / Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa. In: Revista Portuguesa de Saúde Pública. 2015 ; Vol. 33, No. 2. pp. 157-169.

Bibtex - Download

@article{e8f7385beda44657a375d768f80d7eea,
title = "Avalia{\c c}{\~a}o das condi{\c c}{\~o}es individuais e contextuais no peso dos rec{\'e}m‐nascidos (filhos de m{\~a}es imigrantes e portuguesas) na {\'a}rea metropolitana de Lisboa",
abstract = "ResumoObjetivo Avaliar a influ{\^e}ncia dos fatores biol{\'o}gicos, socioecon{\'o}micos e comportamentais no peso dos rec{\'e}m‐nascidos (RN), considerando RN de m{\~a}es imigrantes (MI) e m{\~a}es portuguesas (MP). M{\'e}todo Wilcox e Russel e modelos de regress{\~a}o linear m{\'u}ltipla. Resultados Observaram‐se pesos mais baixos em RN do sexo feminino, idades gestacionais inferiores, m{\~a}es adolescentes, n{\~a}o casadas ou em uni{\~a}o de facto, escolaridade ≤ 12 anos, trabalhadoras manuais, residentes em «barracas», consumidoras de tabaco (MP), consumidoras de {\'a}lcool (MI), paridade = 1, partos por cesariana (MI) ou eut{\'o}cicos (MP) e n{\~a}o diab{\'e}ticas. Conclus{\~a}o A distribui{\c c}{\~a}o residual de prematuridade revela maior vulnerabilidade nos RN de MI. AbstractAim Assess the influence of biological, socioeconomic and behavioural factors on the weight of newborn (NB) infants born from immigrant and Portuguese mothers (IM and PM respectively). Methods Wilcox and Russell and multiple linear regression models. Results Lower birthweights in NBs that were female and of lower gestational age, and whose mothers were adolescent, unmarried or in de facto marriages, had ≤ 12 years schooling, manual workers, lived in shanties, consumed tobacco (PM), consumed alcohol (IM), parity = 1, had Caesarian (IM) or normal (PM) deliveries and were not diabetic. Conclusion Residual distribution of prematurity shows higher vulnerability in babies born from IM.",
keywords = "‐chaveBaixo peso ao nascer, Prematuridade, Sa{\'u}de materna, Imigrantes, Sa{\'u}de infantil, Low birthweight, Prematurity, Maternal health, Immigrants, Infant health",
author = "Paula Santana and Rita Santos and Isabel Alves and Lu{\'i}sa Couceiro and Machado, {Maria do C{\'e}u}",
year = "2015",
month = jul,
doi = "10.1016/j.rpsp.2014.11.004",
language = "Other",
volume = "33",
pages = "157--169",
journal = "Revista Portuguesa de Sa{\'u}de P{\'u}blica",
issn = "0870-9025",
publisher = "Elsevier Doyma",
number = "2",

}

RIS (suitable for import to EndNote) - Download

TY - JOUR

T1 - Avaliação das condições individuais e contextuais no peso dos recém‐nascidos (filhos de mães imigrantes e portuguesas) na área metropolitana de Lisboa

AU - Santana, Paula

AU - Santos, Rita

AU - Alves, Isabel

AU - Couceiro, Luísa

AU - Machado, Maria do Céu

PY - 2015/7

Y1 - 2015/7

N2 - ResumoObjetivo Avaliar a influência dos fatores biológicos, socioeconómicos e comportamentais no peso dos recém‐nascidos (RN), considerando RN de mães imigrantes (MI) e mães portuguesas (MP). Método Wilcox e Russel e modelos de regressão linear múltipla. Resultados Observaram‐se pesos mais baixos em RN do sexo feminino, idades gestacionais inferiores, mães adolescentes, não casadas ou em união de facto, escolaridade ≤ 12 anos, trabalhadoras manuais, residentes em «barracas», consumidoras de tabaco (MP), consumidoras de álcool (MI), paridade = 1, partos por cesariana (MI) ou eutócicos (MP) e não diabéticas. Conclusão A distribuição residual de prematuridade revela maior vulnerabilidade nos RN de MI. AbstractAim Assess the influence of biological, socioeconomic and behavioural factors on the weight of newborn (NB) infants born from immigrant and Portuguese mothers (IM and PM respectively). Methods Wilcox and Russell and multiple linear regression models. Results Lower birthweights in NBs that were female and of lower gestational age, and whose mothers were adolescent, unmarried or in de facto marriages, had ≤ 12 years schooling, manual workers, lived in shanties, consumed tobacco (PM), consumed alcohol (IM), parity = 1, had Caesarian (IM) or normal (PM) deliveries and were not diabetic. Conclusion Residual distribution of prematurity shows higher vulnerability in babies born from IM.

AB - ResumoObjetivo Avaliar a influência dos fatores biológicos, socioeconómicos e comportamentais no peso dos recém‐nascidos (RN), considerando RN de mães imigrantes (MI) e mães portuguesas (MP). Método Wilcox e Russel e modelos de regressão linear múltipla. Resultados Observaram‐se pesos mais baixos em RN do sexo feminino, idades gestacionais inferiores, mães adolescentes, não casadas ou em união de facto, escolaridade ≤ 12 anos, trabalhadoras manuais, residentes em «barracas», consumidoras de tabaco (MP), consumidoras de álcool (MI), paridade = 1, partos por cesariana (MI) ou eutócicos (MP) e não diabéticas. Conclusão A distribuição residual de prematuridade revela maior vulnerabilidade nos RN de MI. AbstractAim Assess the influence of biological, socioeconomic and behavioural factors on the weight of newborn (NB) infants born from immigrant and Portuguese mothers (IM and PM respectively). Methods Wilcox and Russell and multiple linear regression models. Results Lower birthweights in NBs that were female and of lower gestational age, and whose mothers were adolescent, unmarried or in de facto marriages, had ≤ 12 years schooling, manual workers, lived in shanties, consumed tobacco (PM), consumed alcohol (IM), parity = 1, had Caesarian (IM) or normal (PM) deliveries and were not diabetic. Conclusion Residual distribution of prematurity shows higher vulnerability in babies born from IM.

KW - ‐chaveBaixo peso ao nascer

KW - Prematuridade

KW - Saúde materna

KW - Imigrantes

KW - Saúde infantil

KW - Low birthweight

KW - Prematurity

KW - Maternal health

KW - Immigrants

KW - Infant health

U2 - 10.1016/j.rpsp.2014.11.004

DO - 10.1016/j.rpsp.2014.11.004

M3 - Article

VL - 33

SP - 157

EP - 169

JO - Revista Portuguesa de Saúde Pública

JF - Revista Portuguesa de Saúde Pública

SN - 0870-9025

IS - 2

ER -